Bem-vindo a BRAGA!

Avenida braga

Cidade de enorme beleza e riqueza patrimonial, que alia a tradição à inovação, a memória juventude, a criatividade ao conservadorismo.

Visitar Braga é fazer uma viagem no tempo dentro da modernidade. Cidade antiga e de religiosidade tradicional – sempre imponente na sua riqueza e majestade – vive de mãos dadas com o empreendedorismo e espírito jovem em áreas tão vitais como a cultura, o comércio, a gastronomia, a indústria e os serviços.

Fonte: CM Braga

HISTÓRIA E PATRIMÓNIO

Com mais de 2000 anos de história Braga é a mais antiga cidade portuguesa e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

ETNOGRAFIA E TRADIÇÃO

As danças e os cantares que o caracterizam constituem hoje um cartaz turístico-cultural admirável, mercê da alegria desbordante do homem e da mulher minhota, transposta para as danças tradicionais com uma beleza inigualável.

Com mais de 2000 anos de história Braga é a mais antiga cidade portuguesa e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

Fundada pelos romanos no ano 16 a.C. e denominada de “Bracara Augusta” em honra do imperador César Augusto. Foi capital da Galécia, de onde irradiavam 5 Vias Romanas, com um vasto território que ia desde o norte do Douro até ao Cantábrico. Após conquistas e reconquistas de vários povos, o rei de Leão, D. Afonso IV doou-a como dote a sua filha D. Teresa, aquando do seu casamento com o Conde D. Henrique de Borgonha.

A longa história de Braga é visível nos seus monumentos e igrejas, sendo a Catedral a mais imponente que exibe vários estilos, do romano ao barroco, orgulhando-se também das esplêndidas casas, particularmente do século XVIII.

Cidade jovem, cosmopolita e multicolor, Braga exibe com confiança um amplo leque de cenários de sucesso e prosperidade, estendendo os seus braços tutelares e empreendedores a áreas tão vitais como a cultura, o comércio, a indústria e os serviços.

Quem nos visita tem a possibilidade de assistir a um programa turístico-cultural diversificado, fazendo um percurso civilizacional documentado desde a Pré-História até aos nossos dias e viver a autêntica cultura do Minho, gravada no vasto património, nos grupos etnográficos, nas festas, feiras e romarias, bem como no artesanato rico e variado.

Fonte: CM Braga

As tradições Minhotas!

O Minho é a região portuguesa onde o folclore é mais vivo, diversificado e colorido. As danças e os cantares que o caracterizam constituem hoje um cartaz turístico-cultural admirável, mercê da alegria desbordante do homem e da mulher minhota, transposta para as danças tradicionais com uma beleza inigualável.

Entre todas as danças, desde verdegares a fandangos, passando por chulas, malhões e caninhas-verdes, a que melhor caracteriza o folclore minhoto é o vira, graças ao ritmo e vibração que lhe é imposto pelos garbosos e ridentes pares de dançadores e dançadeiras, e pelo som exuberante e compassado da tocata tradicional, composta por bombos, violas braguesas, ferrinhos, cavaquinhos e concertinas. Não há ninguém que fique indiferente a este hino de celebração da vida, de consagração do espírito de festa e de harmonia com o mundo e a natureza.

Esta cultura peculiar e única, nascida das tradições ancestrais do Minho, e ligada profundamente ao quotidiano laborioso, às romarias e aos folguedos, é hoje ciosamente guardada e divulgada por numerosos grupos folclóricos, de que Braga é um dos concelhos mais ricos da região, e que esteve na origem da organização anual de um grande Festival Internacional de Folclore na Avenida Central.

O TRAJE DA CIDADE DE BRAGA

Traje do Vale do Cávado, Romeira ou Capotilha

Trata-se de um traje que seguramente é o mais emblemático do vale do Cávado cuja característica mais saliente é a capotilha em vermelho vivo para as moças e azul escuro ou preto para as casadas e mais idosas.

Estas são guarnecidas de veludo, cordões, cetim e vidrilhos, com grandes pontas traçadas sobre o peito (para o lado esquerdo), estando presas nas ancas e atada na zona lombar.

Além da capotilha, este traje enverga camisa de linho, bordada a branco, no peito, ombros e punhos com gola de renda e colete preto bordado, acompanhados de saia de baetilha preta, guarnecida de veludo liso ou lavrado, fitas, cetim e vidrilhos.

Os restantes adereços incluem um avental tecido em cores vivas, com tirados de lã, debruados a veludo, “lenço de pedidos” na cintura do lado direito, e ainda meias brancas rendadas de linho ou algodão com chinelas pretas, pespontadas a branco e, ainda, enfeites em ouro no peito e brincos nas orelhas.

Fonte: CM Braga

Bom Jesus

bom jesus

 

Nossa Senhora do Sameiro

sameiro

Sé Catedral de Braga

Morning at the Cathedral in Braga, Portugal

O artesanato Bracarense

“Os cavaquinhos, violas, guitarras (nomeadamente a Viola Braguesa) e a Arte Sacra são os ex-libris. Embora estes sejam os mais conhecidos, o artesanato Bracarense é mais diversificado: os artigos de linho com produção de tear de uma família de Braga, os bordados, miniaturas em madeira, farricocos, ferro forjado, os sinos e as famosas velas votivas produzidas com todo o saber de várias gerações (e que se destinavam na sua maioria ao pagamento de promessas que têm a ver com o namoro e com o casamento).

Na cerâmica destacam-se dois grandes artesãos da cidade, Margarida Costa e Alberto Vieira.

Do tradicional artesanato, a produção de farricocos e azulejaria são ainda produzidos pelas mãos de duas artesãs bracarenses.

Mas falar de artesanato é também falar de criatividade e inovação, na revitalização de tradições de alguns aspetos do quotidiano bracarense, agora traduzidos em pequenos negócios como os de produção de sabonetes, compotas, licores, bijuterias e bonecas pintadas com trajes regionais.”

Fonte: CM Braga

Cantar dos Reis/Janeiras

10 de Janeiro, todos os anos

Cantar os reis

Romaria a S.Vicente

21 e 22 de Janeiro, 2016

romaria s.vicente

Festival de Guitarra de Braga

11/02/2016 a 06/03/2016

Festival_Guitarra_Braga_2016

Solenidades da Semana Santa

19/03/2016 a 27/03/2016

Cartaz_Semana_Santa_2016

Festivais Internacionais de Folclore 2016 do Turismo do Porto e Norte de Portugal

11/05/2016

festival_folclore_regional

Braga Romana – Reviver Bracara Augusta

25/05/2016 a 29/05/2016

bracara augusta

Encontro Internacional de Gigantones e Cabeçudos

11/06/2016 a 12/06/2016

Encontro_de_cabecudos

Tardes de Domingo

01/07/2016 a 04/09/2016

no_photo

Castro Galaico Festival de Nogueiró

01/07/2016 a 31/07/2016

Castro Galaico Festival de Nogueiró

Mimarte – Festival de Teatro de Braga

01/07/2016 a 09/07/2016

mimarte festival de teatro

Feira do Livro

01/07/2016 a 17/07/2016

feira do livro braga

Festival Internacional de Folclore

21/07/2016 a 24/07/2016

festival internacional de falclore

Romaria de Santa Marta da Falperra

29/07/2016

santa marta

TERRA – Festival de Música Tradicional

25/08/2016 a 28/08/2016

no_photo

Noite Branca

02/09/2016 a 03/09/2016

noite branca

Festival para Gente Sentada

16/09/2016 a 17/09/2016

festival gente sentada

Braga Barroca

21/09/2016 a 25/09/2016

braga barrota

Concurso de Bandas Filarmónicas de Braga

26/11/2016 a 27/11/2016

concurso de bandas filarmonicas

Presépio de Priscos

01/12/2016 a 31/12/2016

Presépio de Priscos

Dia de São Geraldo

05/12/2016

Dia de São Geraldo

Natal na Rua

17/12/2016 

natal em braga

Braga é das mais antigas cidades portuguesas e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo; fundada no tempo dos romanos como Bracara Augusta, conta com mais de 2000 anos de História como cidade.

No decurso dos séculos foram-se criando algumas Lendas, Estórias e Mitos relacionados com a Cidade, tai como:

  • És de Braga, deixa a porta aberta: É frequente ouvirmos dizer “És de Braga, deixaste a porta aberta”, associando aos bracarenses o facto de se esquecerem das portas escancaradas. Correm algumas versões para justificar este dito. A mais conhecida diz que os bracarenses foram pioneiros em deixar as portas das muralhas abertas.
  • Lendas Bom Jesus: Duas lendas, sobre o Bom Jesus do Monte, relativas ao aparecimento de uma Cruz e de um Cálice conduzem-nos a uma reflexão histórica, para além de outras a que não atribuímos verosimilhança alguma, como sejam as histórias à volta do Longuinhos e da água da gruta.
  • Lenda e comemoração do Dia de São Geraldo: A 5 de Dezembro, comemora-se o Dia de S. Geraldo, Padroeiro da cidade e primeiro arcebispo de Braga. A sua capela situa-se na fachada norte da Sé Primacial. Entre 1418-1467, o arcebispo D. Fernando da Guerra, depois de Geraldo ser considerado santo, dedicou a capela a este arcebispo, sepultado no retábulo principal.
  • Lenda de S. Longuinhos: Há uma curiosa tradição em Braga, pela festa de São João, envolvendo a estátua de São Longuinho e o Santuário do Bom Jesus do Monte. Nesta época, algumas raparigas namoradeiras andam à volta da estátua de granito, proferindo orações, com objetivo de apressar o seu casamento.

Fonte: CM Braga

NATUREZA, ESPAÇOS VERDES E PRAIAS FLUVIAIS

Impregnar-se nos cheiros e cores dos Jardins de Braga, usufruir da natureza dos parques públicos à procura de equilíbrio e bem-estar.

ACESSIBILIDADES E MOBILIDADES

Geograficamente Braga localiza-se no vale do Cávado, na região Noroeste de Portugal Continental, à latitude N 41º 32’39” e longitude W 8º 25’19”.

A Natureza Minhota!

Envolta em extensos e verdejantes Jardins Públicos e Espaços Verdes, Braga inspira as mais diversas sensações. Refugiar-se nas praias fluviais e deixar para trás o bulício da cidade, aventurando-se por trilhos, praticando desporto, explorando os recantos da natureza e sentindo os aromas da vegetação… experimentando a tranquilidade da vida do campo, a pouca distância de uma cidade sempre em movimento.

Fonte: CM Braga

Situada no coração do Minho, Braga encontra-se numa região de transições de Este para Oeste, entre serras, florestas e leiras aos grandes vales, planícies e campos verdejantes.

Terras construídas pela natureza e moldadas pelo Homem. Inserida na região do Minho, Braga é sede do distrito homónimo.

Geograficamente Braga localiza-se no vale do Cávado, na região Noroeste de Portugal Continental, à latitude N 41º 32’39” e longitude W 8º 25’19”.

Com uma área de 184 Km2 confronta a Norte com os concelhos de Vila Verde e Amares, a Nordeste e Este com Póvoa de Lanhoso, a Sul e Sudeste com Guimarães e Vila Nova de Famalicão e a Oeste com o concelho de Barcelos.

O relevo do concelho, é caracterizado por uma relativa irregularidade com áreas de vale que se espalham por todo o território, que se contrapõem amiúde com pequenas formações montanhosas, dispostas segundo alinhamentos paralelos aos rios principais. Limitado a norte pelo rio Cávado, a sul pelo conjunto de elevações que formam a Serra dos Picos (566m) e a nascente pela Serra dos Carvalhos (479m), o concelho de Braga, abre-se a poente para os concelhos de Famalicão e Barcelos. O território desenvolve-se de nordeste para sudoeste, acompanhando os vales dos dois rios que o atravessam, os quais, juntamente com os outros cursos de menores dimensões, geraram duas plataformas.

Predominam as zonas de vale, que não atingem altitudes elevadas, variando os seus valores entre os 20 e os 570 metros, pelo que a exposição solar, é de um modo geral boa em quase todo o território.

Administrativamente, o concelho de Braga é a capital do distrito de Braga e abrange a totalidade de 37 freguesias, atingindo a população total residente um valor de 181 494 habitantes, em 2011. A cidade situa-se num eixo rodoviário de grande importância, tendo por isso atingido um grande desenvolvimento económico, social e cultural.

Fonte: CM Braga

Os principais espaços verdes da cidade de Braga são:

  1. Parque de Merendas de Merelim S. Paio
  2. Santa Marta do Leão
  3. Santa Marta das Cortiças
  4. Parque do Barral
  5. Parque desportivo do Talegre
  6. Parque de Montariol
  7. Parque de Merendas de Ribeiro dos Prados
  8. Parque de Merendas do Sameiro
  9. Parque de merendas do Monte de N. Srª da Consolação
  10. Parque de Merendas de Vilaça
  11. Largo da Senhora do Campo
  12. Parque de merendas de Tadim
  13. Parque de merendas de S. Vicente do Bico
  14. Parque de Merendas de S. Pedro D´este
  15. Parque de Merendas (Capela Sr.ª de Fátima)
  16. Parque de merendas de Palmeira
  17. Parque de merendas de Padim da Graça
  18. Parque de merendas de Navarra
  19. Parque de Merendas de Espinho
  20. Parque de Lazer e Merendas de Cunha
  21. Parque de merendas de Adaúfe
  22. Parque de Lazer da Bouça de Gerides
  23. Parque de lazer Guadalupe
  24. Parque da rodovia
  25. Parque da Ponte
  26. Parque da Nascente do Rio Este
  27. Mosteiro de Mire de Tibães
  28. Monte de S. Gregório
  29. Monte de São Filipe
  30. Miradouro de nossa senhora de Fátima
  31. Parque da Mamôa
  32. Bom Jesus do Monte
  33. Parque de Stª Leocádia

Como chegar a Braga

(ex. automóvel, avião, barco, autocarro, comboio)

Graças à sua excelente localização geográfica, Braga é facilmente acessível por carro, comboio, táxi ou autocarro.

A cidade é servida por 5 autoestradas: pelo Norte (A3), Sul (A3 e A1 de Lisboa), Este (A11 e A7) e Oeste (A28).

O transporte ferroviário liga Braga a vários pontos do país através dos Serviços da CP (Alfa Pendular, Intercidades, Comboios urbanos do Porto).

 Em termos de transportes rodoviários, a Central de Camionagem de Braga acolhe as empresas Arriva, Citi express, EBA, Get Bus, Internorte, Rede Expressos, Renex, Rodonorte, Salvador Alves e Fihos lda, Transdev, assegurando a conexão entre vários destinos regionais, nacionais e internacionais.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro é o principal eixo na região noroeste da Península Ibérica a receber as companhias aéreas mais relevantes e voos de baixo custo (a 30 minutos de Braga por autoestrada, cerca de 50 km). O aeroporto é facilmente acessível pela autoestrada A3, através do metro do Porto e dos comboios da CP, ou ainda, através do serviço de shuttle fornecido pela Get Bus.

O aeroporto de Vigo situa-se a cerca de 100 km, existindo viagens de autocarro que ligam diretamente estas duas cidades diariamente.

 O Porto de Leixões é a maior infraestrutura portuária do Norte de Portugal e uma das mais importantes do país (a 45 minutos de Braga por autoestrada).

A nível de transportes públicos, o concelho é servido pelos Transportes Urbanos de Braga (TUB).

Fonte: CM Braga

Praias fluviais da cidade de Braga:

  1. Área de Lazer da Ponte do Bico
  2. Praia Fluvial de Navarra
  3. Praia Fluvial de Cavadinho em Crespos
  4. Praia Fluvial de Adaúfe
  5. Praia Fluvial de Merelim S. Paio

Sugestões de aventuras pelo ambiente:

  1. Percurso Nascente do rio este
  2. Aventuras pelo Ambiente – Priscos
  3. Aventuras pelo Ambiente – Adaúfe
  4. Aventuras pelo Ambiente – Visita aos Moinhos de Portuguediz
  5. Aventuras pelo Ambiente – Merelim S.Paio
  6. Aventuras pelo Ambiente – Mire de Tibães Semelhe e Padim da Graça
  7. Aventuras pelo Ambiente – Palmeira
  8. Aventuras pelo Ambiente – Sobreposta

 

Tub – Transportes Urbanos de Braga

A empresa TUB – EM presta serviço de transporte urbano de passageiros no concelho de Braga.

A missão é oferecer Soluções de Mobilidade e Conforto na Região, satisfazendo e surpreendendo expectativas dos parceiros envolvidos.

www.tub.pt

Go by Bike

Para os turistas que vistam a cidade existe o serviço de aluguer de bicicletas holandesas.

www.gobybike.eu

Braga Tours

Visitas Guiadas de segway

http://bragatours.com

Autocarro Turístico

Os TUB/EM, em parceria com a CARRISTUR, disponibilizam o “Circuito Turístico” na Semana Santa e durante o Verão.

http://www.yellowbustours.com

Rent-a-Cars

ParkOpera

Rua Raio, 315

4710-924 Braga

Tel.: (+351) 253 618 620 / Tlm. (+351) 919 898 363

Website: www.alpirent.pt

E-mail: central.reservas@alpirent.pt

Auto Jardim – Braga

Av. General Norton de Matos, 152

4700-387 Braga

Tel.: (+351) 253 217 802 / 3

Website: www.auto-jardim.com

E-mail: dep.reservas@auto-jardim.com

Atlas

Campo da Vinha, 129 – A

4704-523 Braga

Tel.: 253 203 740

Fax.: 253 203 749

E-mail: braga@atlas-viagens.pt

Avis – Braga

Estação de Caminhos de Ferro, Largo da Estação

4700-223 Braga

Tel.: (+351) 253 272 520

Website: www.avis.com.pt

Budjet

Rua de Sto. Adrião, 90

4710-048 São Lázaro

Tel.: 253 202 030

Europcar – Braga

Rua Cónego Luciano Afonso dos Santos 37

4700-371 Braga

Tel.: (+351) 253 262 177

Website: www.europcar.pt

Hertz – Braga

Rua Conselheiro Lobato, 67

4700-338 Braga

Tel. : (+351) 210 413 304

Fax: (+351) 253 140 941

Website: www.hertz.com.pt

One Rent-Car / Cardan

Av. Barros e Soares, 639

4715-213 Braga

Tel.: (+351) 253 274 105

Website: onerent.pt

E-mail: comercial@onerent.pt

Realcar – Braga

Travessa Caires, 322 – loja 10

4700-208 Braga

Tel. : (+351) 253 610 032

Rolbraga

Travessa do Conselheiro Lobato, 249-253

4700-090 Braga

Tel.: (+351) 253 613 398

S. C. Castro, Unip. Lda.

Rua Gabriel Pereira de Castro, 16

4700-385 Braga

Tel.: 253 611 664

Fax: 253 265 033

E-mail: s.c.castrounip@hotmail.com

Taxis

www.bragataxis.pt

www.taxisbraga.pt

www.taxi24.pt

Central de Camionagem de Braga

Praça da Galiza

4704-510 Braga

http://transdev.pt/index.php

Telef.: 253 209 400

CP – Caminhos de Ferro

Largo da Estação

4700-223 – Braga

Telef.: 707 210 220

Celta (Porto/Vigo)

O comboio internacional Celta permite-lhe ir e vir no mesmo dia a Vigo.

Com partidas diárias de Porto Campanhã e Vigo, o comboio Celta liga as cidades do Porto e Vigo, com paragens em Nine, Viana do Castelo e Valença, permitindo desfrutar da paisagem verde que rodeia o Minho.

See more at: https://www.cp.pt/passageiros/pt/como-viajar/celta#sthash.HmTTTYzY.dpuf

Get Bus

Shuttle fornecido pela Get Bus, que faz a ligação entre o aeroporto e a cidade de Braga em 50 minutos.

http://www.getbus.eu

 

Fonte: CM Braga

Miradouros de Braga:

  1. Miradouro de Santa Marta das Cortiças
  2. Monte do Sameiro
  3. Monte Picoto
  4. Torre de Santiago
  5. Bom Jesus do Monte
  6. Miradouro da Capela de Nossa Senhora de Guadalupe

ALOJAMENTO

Viver em Braga é viver numa cidade com uma cultura bem vincada cheia de tradições e locais privilegiados. É ser minhoto, é ter raça, é ter coração.

GASTRONOMIA E VINHOS

A arte da culinária em Braga é famosa, não só pela variedade de ementas, mas sobretudo pelo cuidado e frescura na sua confeção.

Parque de Campismo e Pousada da Juventude

Eventos relacionados com a Gastronomia e Vinhos em Braga

  • Fim de Semana Gastronómico (18/03/2016 a 20/03/2016)
  • Sugestões do Chef (01/04/2016 a 30/04/2016)
  • Vinho Verde Fest (10/06/2016 a 12/06/2016)
  • Verde Cool (01/07/2016 a 30/09/2016)
  • Gastronomia Viva! (01/07/2016 a 31/08/2016)
  • Amigos do café (01/10/2016 a 31/10/2016)
  • Tardes Gulosas (01/11/2016 a 30/11/2016)

 Alojamentos de Longa Duração

A nossa sugestão, para ficar alojado em Braga, se pretender ficar num período de mais longa duração é visitar os imóveis de BelleVille Imobiliária

Veja os imóveis AQUI

A Cozinha típica Bracarense

Pratos:

  • Bacalhau à Braga ou à Narcisa
  • Papas de Sarrabulho
  • Rojões à Minhota
  • Cabrito Assado à Moda de Braga
  • Vitela Assada
  • Arroz “Pica no Chão”
  • Arroz de Pato à Moda de Braga
  • Bacalhau à Moda do Minho
  • Frigideiras
  • Caldo Verde c/ Broa de Milho

 

Doçaria:

  • Pudim Abade de Priscos
  • Fidalguinhos
  • Pederneiras
  • Paciências
  • Suplícos
  • Cavacas de Morreira
  • Fatias doces de Braga
  • Broinhas de St.º António
  • Sameirinhos
  • Charutos de Chila
  • Moletinhos do dia de S. Vicente
  • Mexidos
  • Doce Branco
  • Talassas
  • Viúvas de Braga
  • Bolo-Rei normal e de chila
  • Rabanadas
  • Leite Creme
  • Aletria
  • Viúvas (Convento dos Remédios)

Alojamento para desfrutar a sua visita em Espaço Rural

Se pretende desfrutar de uma noite diferente em Braga conheça os estabelecimentos sugeridos

ESPAÇOS COM ALMA

Um lugar, um odor, um sabor, um sentimento que não esquecemos e que às vezes nos vem à memória e nos traz um sorriso… são alguns desses espaços de Braga que mostramos aqui, e desafiamos todos os bracarenses

POSTO DE TURÍSMO

O Posto de Turismo oferece material turístico em 12 línguas, organiza eventos de carácter turístico, apoia instituições de solidariedade social, faculta um serviço gratuito na área da Defesa do Consumidor optimizando o serviço municipal que é, para a satisfação dos visitantes e dos munícipes.

Espaços com Alma em Braga

  • Torrefação Bracarense
  • Queijaria Central
  • Pereira das Violas
  • A tradição do café na ‘Negrita’
  • Museu Nogueira da Silva
  • Mercado de S. João: exemplo de resistência e inovação
  • Livraria Minho
  • A beleza da Livraria Cruz
  • Frigideiras do Cantinho
  • Correaria Moderna
  • A livraria com vida, na Casa Rolão
  • Casa do Passadiço
  • ‘A Brasileira’: Mais de um século de história

Posto de Turismo em Braga

 

Morada:

Avenida da Liberdade, nº1
4710 – 305 Braga

Tel.: 253 262 550
Fax.: 253 613 387

Coordenadas GPS: 41.550ºN – 8.422ºW

 

Email: turismo@cm-braga.pt

 

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta: 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h30
Sábado e Domingo: 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00